Resgatando a História
Nair Casagrande
Publicado: 27/12/2018 às 13:58:50
Sou Nair Rovina Casagrande, nasci em 1953. Através de meus pais sempre fiz parte da Paróquia São João Bosco. Vivi momentos ótimos nessa comunidade! 
Ainda muito cedo, frequentava as catequeses que eram ministradas pelas Irmãs: Vanda, Biu e Lelita. Isso era feito na rua, na sombra das fábricas do bairro Santa Catarina. Às 15 horas íamos até a Igreja para a Benção do Santíssimo. Fiz a 1ª Eucaristia em 1960, com o Padre José Delmonaco. Tínhamos também os padres: Orlando, Moisés, Carlos, Maurílio, Antônio Link, o Sr. Vicente, Sr. João Valarini e outros que fizeram parte dessa história.
Haviam as Filhas de Maria; Os Marianos; Companhia de São José; o Time Estrela do Mar; Irmãos do Santíssimo Sacramento (com suas túnicas vermelhas)... e tantas outras pessoas que eram diretamente ligadas à Paróquia, participando, fazendo as quermesses, os teatros e cinemas...
A parte litúrgica, como as procissões, Missas Campais, com coroação e a banda, eram de emocionar! No mês de maio, havia oferta de flores todas as noites, era uma verdadeira procissão. Cantando com todo entusiasmo “Neste mês de alegria, tão lindo mês de flores, queremos de Maria celebrar os louvores”...
Nas quermesses, tinha um serviço de alto-falante. As moças passavam de braços dados por um cordão de moços “admiradores”, 
tudo no maior respeito. Daí saíram muitos casamentos, inclusive o meu! Em 1966 o Pedro estava jogando no Estrela do Mar, parou o jogo para me pedir em namoro! Ele participava também dos teatros, sendo até Jesus na Paixão de Cristo, e eu era o Anjo Gabriel...
Muitas pessoas fizeram parte dessa caminhada. As famílias: Fornaciari, Rigonato, Denadai, Costa, Scaglia, Reami, Possobom e outras... Meu pai era um dos churrasqueiros das Quermesses. Os leilões eram cheios de prendas, tudo doado pelas famílias. Era realmente uma festa! Tudo feito por voluntários e com muito amor!
Tínhamos jantares, almoço do diretor e nós que trabalhávamos também! A Benção das crianças todo dia 24 era sagrada!
O trabalho braçal que os paroquianos deram na construção da nova Igreja, até o campo de futebol foi gramado por eles.
Em 1972 me casei com o Pedro. Tivemos 3 filhos: Elthon, Glauber e Joyce. E continuei participando das missas.
Na década de 80 voltei a participar ativamente do Oratório Festivo!
Continua na próxima edição..
Espiritualidade: Resgatando a História
Assista a Santa Missa ao Vivo - Todo Domingo às 09:00 horas

Exibir mapa ampliado
Paróquia São João Bosco - Americana-SP - Diocese de Limeira
Home | Horário de Missas | Intenções para a Santa Missa | Liturgia | Fale Conosco
Rua Dom Bosco, nº. 60 - Vila Santa Catarina - Americana-SP - Telefone: (19) 3406-3292
Desenvolvimento de Sites